O Facilitador | Paulo Najar

Arquivo da categoria: Intranet

Comentários Prova IF-SC 2015

Professor Paulo Najar

Queridos alunos(as):

Faço aqui meus comentários sobra a Prova do Instituto Federal de Santa Catarina realizado no domingo (08/11/2015).

A prova ficou dentro da expectativa, sendo cobrado dos candidatos(as) conceitos básicos de processamento eletrônico de dados.

Acredito que os(as) candidatos(as) que se prepararam conosco não tiveram dificuldade em gabaritar a prova, pois, em nossa preparação, tivemos a oportunidade de trabalhar todos os assuntos cobrados

Foram duas questões de planilhas (17 e 20), uma de software livre (19), duas de hardware (16 e 18).e uma de Redes/Internet/Correio Eletrônico (15).

Clique aqui e leia os comentários completos.

COMENTÁRIOS PROVA PREFEITURA DE PALHOÇA – Informática

Professor Paulo Najar

Queridos(as) Alunos(as):

Foi realizado no último domingo (01/11/2015)  A prova elaborada pela Banca FEPESE para a Prefeitura de Palhoça.
A prova ficou dentro da expectativa.
Foram exigidos os assuntos:
– M. Windows (duas questões).
– M. Word (duas questões)
– M. Excel (uma questão).

A FEPESE seguiu um padrão que vem adotando ao cobrar questões de atalho de teclas, recursos possíveis e comandos da interface do sistema operacional e aplicativos.
O grau de dificuldade foi básico, o que permitia que os candidatos gabaritassem a parte de informática.
Todas as questões estão corretas, não permitindo recurso.

Clique e baixe os comentários completos.

Grande abraço a todos(as) e BOA SORTE!!!

 

7 dicas para resolver problemas com sua rede Wi-Fi

Siga estas dicas para diagnosticar e resolver os problemas mais comuns com redes sem fio em casa, no escritório ou em viagem.

Redes Wi-Fi nos dão o luxo de poder acessar a internet de qualquer lugar, seja deitados no sofá ou em um café à beira-mar, mas como toda forma de conexão baseada em ondas de rádio elas são sujeitas a interferência, limites no alcance, problemas e hardware e, claro, falha humana.

Por isso elaboramos esse guia rápido, que mostra os problemas mais comuns com conexões Wi-Fi e como corrigí-los. Se você está sofrendo com sua rede Wi-Fi em casa ou no escritório, continue lendo para aprender como diagnosticar (e resolver) o problema.

Mantenha-se seguro em uma rede Wi-Fi aberta

Hotspots públicos são práticos, mas nada seguros. Saiba como manter suas informações a salvo enquanto navega fora de casa.

Imagine isto: você está em um café com seu laptop em uma mão e uma xícara de espresso na outra, pronto para analisar os contratos de alguns novos clientes e as projeções de lucro de sua empresa para o trimestre. Mas antes você se conecta à rede Wi-Fi gratuita oferecida pela loja. Em seguida, liga seu notebook a um projetor para que todos os clientes possam ver seus documentos, e entrega cópias impressas das especificações confidenciais de seu novo produto para que todo mundo possa acompanhar.

Pode parecer ridículo, mas se você está usando uma rede Wi-Fi aberta sem as devidas precauções, está praticamente convidando seus colegas de mesa a dar uma olhada nas informações confidenciais de sua empresa.

Isto é o que os malfeitores vêem quando você usa uma rede Wi-Fi aberta

As páginas que você visita, as mensagens que você manda, até mesmo seus dados de usuário no Facebook. Todas estas informações estão facilmente acessíveis se você não se precaver.

Você provavelmente já leu ao menos um artigo alertando para os perigos inerentes ao uso de uma conexão Wi-Fi pública, então sabe que os malfeitores são capazes de interceptar as informações que trafegam por estas redes. Mas não há forma mais eficiente de entender o perigo do que presenciar uma interceptação em tempo real. Portanto, fui até um café na minha vizinhança disposto a “bisbilhotar” as ondas de rádio pra ver o que conseguiria encontrar.

Minha intenção não era “hackear” o computador ou smartphone de ninguém – isso é ilegal. O que fiz é similar a escutar a conversa entre dois radioamadores ou pessoas usando um walkie-talkie na vizinhança. Assim como estes aparelhos, as redes Wi-Fi operam em frequências de rádio públicas que podem ser “sintonizadas” por qualquer um nas proximidades.